sábado, 23 de outubro de 2010

CARRETÉIS DE MADEIRA

Antes de mudar de casa/cidade/estado... estava com uns projetinhos artesanais... falei deles aqui.
Fui numa loja de materiais de construção e pedi chorei, implorei por uns carretéis de madeira que vi no pátio... estavam todos vazios... é óbvio que queria um alguns pra mim... kkk
Carretel em casa... ops, na casa da mamãe... hehe afinal, eu acampei por lá uns meses... comecei a pensar como faria a arte...
Pesquisa daqui, pergunta dali... peguei emprestado um escurecedor de madeira eu sei que tem um outro nome, mas no momento não consigo me lembrar, comprei um verniz, uma estopa, eu já tinha pincel, rolo e tinner... mãos à obra!
Passei algumas demãos de branco, pra cobrir bem a peça; diluí um pouco do escuredor de madeira no tinner e dei algumas "estopadas" no carretel... sim, estopadas, porque eu passei um chumaço dela na mistura e fui "estopando" a peça... hahaha
Mas o detalhe de tudo é que inventei de fazer isso dias antes de viajar... resultado: tudo feito às pressas e peça inacabada (faltou passar o verniz). Fiquei triste por não dispor de tempo necessário e por ter que deixar meus carretéis por lá... afinal, eles não caberiam no porta-malas... hahahaha
Sei que um dia volto pra minha terrinha novamente... daí poderei retomar meus carretéis (ainda ficou um menor que nem cheguei a mexer), colocar os "pezinhos" de borracha que havia comprado e até mudar tudo o que fiz... sei lá. Só sei que um vai virar mesa de centro, o outro, apoio para vasos floridos... ai, ai... um dia eu volto e termino tudo...
Obs.: Aceito sugestões... são sempre muito bem-vindas =D

8 comentários:

calma que estou com pressa postou o comentário de número:

ficou lindo amga- adoro eses careteis - tbiraimplorar me ajoelhar, chorar..
adorei te ver participando do sorteio
boa
sorte
seja sempre bem vinda

bjs

Chris Ferreira postou o comentário de número:

Oi Eliane,
adorei a ideia.
Quando você voltar e terminar eu quero ver.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Sueli postou o comentário de número:

Olá Eliane,
Ficou ótimo, adorei a idéia. beijos, Sueli
http://varandaeafins.blogspot.com/

João Lenjob postou o comentário de número:

lha, continuo postando cinco poemas diarios em meu blog, http://lenjob.blogspot.com, mas vim apresentar o meu castelo, http://castelodopoeta.blogspot.com, que é interativo, com poemas de outros poetas, videos, curtas, entrevistas, exposições e etc..., sempre de arte, fotografia, moda (e segunda será postada a entrevista com a booker Sandra Sayão da Ford Models de Minas) e esportes alternativos e queria sua visita lá. Aguardo!
Atenciosamente,

João Lenjob

Transformação Florida
João Lenjob

Parte I
Desfile para mim, menina,
Princesa, surpresa, querida,
Desfile teu encanto, divina,
Tão nobre presença em vida.

Passe por aqui novamente
Meu peito, que és a semente,
Passe por aqui, assim graciosa
Tão bela, puramente saudosa.

Parte II
És aquela que faz não parecer que falta amor
Que transborda o sonho na retina da gente.

És aquela que cria a saudade, minuto saudade
Que transforma a íris no sonho da gente.

És o esboço mais preciso da natureza em paz
Da infinito horizonte em transformação florida.

João Lenjob postou o comentário de número:

Pois é. O meu blog, o lenjob é só meu, de poemas meus e espero que tenha gostado, mas o Castelo é um jornal, uma revista, entendeu?? Inclusive, é você quem faz o trabalho daquelas fotos?? Gostaria de publicar no Castelo com devidos créditos e contatos?? Se sim me adicione no msn com o lenjob@gmail.com que falamos e lhe explico sobre os procedimentos afins. Beijos!!

João Lenjob.

Cintia Branco postou o comentário de número:

Eliane,

daqui uns dias você encontrar uns aí no seu novo lar e faz milagres com eles, tenho certeza. O importante é não deixar o desânimo prevalecer, para sobreviver desse lado de cá é importante manter a mente aberta, tentar ver as coisas positivas, por mais difícil que pareça e tentar ser feliz.
Beijos

ogionih postou o comentário de número:

Acho que postei um no meu blog uns dias atrás, com retalhos de tecido, muito lindo, já tive dois, mas na época nem me toquei, a casa onde morava dava cupim prá caramba, e eles tomaram conta...aí...já era...bjocas...

Cintia Branco postou o comentário de número:

Eliane,

Aproveita bem a viagem, curte tudo, mata a saudade.
Beijos