quinta-feira, 21 de outubro de 2010

NOTA DE FALECIMENTO MUITO TRISTE

Hoje este post é excepcional... é triste... vocês vão entender...
Nesta madrugada faleceu Cláudio Valério da Silva, prefeito de Anastácio-MS.
...
Ele era o meu prefeito, meu chefe superior, meu colega de faculdade... um amigo...
...
Poeta, escritor, nordestino...
Uma pessoa que acreditou no meu potencial... me confiou responsabilidade... e me deu a oportunidade única de compor a sua equipe de trabalho.
Foi uma honra!
Nesses últimos 6 anos foram experiências inesquecíveis... aprendi muita coisa... cresci profissionalmente... e como pessoa amadureci também.
Cláudio Valério era um político honesto, comprometido com seu Município e sua população. Falo isso não porque ele já faleceu ou porque queira me aparecer... mas ele realmente era diferente. Todos tinham muito respeito por ele...
É uma perda imensa...

Abaixo, uma de suas poesias mais conhecidas, que está inserida no livro “Janelas”, publicado em 1998, pela Editora Ruy Barbosa:

Imortalidade

Não quero ser lembrado pelo que fiz.
Mas, pelo que deixei de fazer.
Pois só assim tenho certeza:
Não serei esquecido.
O homem faz sempre ao contrário da lógica.
O que fiz foi quase nada.
O que deixei de fazer – quase tudo.
Aliás, neste mundo, nada se faz.
A não ser, o não-fazer.

3 comentários:

Fernanda Reali postou o comentário de número:

Que pena, parecia tão jovem e forte. Sinto muito.
Um abraço, Eliane!

Cintia Branco postou o comentário de número:

Eliane,

Sinto por sua perda, e sei o quanto é difícil querer sair daqui e não consegui, já passei por isso e não quero nunca mais viver essa situação.
Espero que você esteja bem e que esteja mais serena.
Grandes beijos e precisando de mim, estou por aqui!